Chagas


Cristopher S. Chaves- 20/02/1997
 
Que as chagas coroam minhas narinas e minhas orelhas
Que meus pés não suportem mais o peso do meu corpo
Que minhas mãos sangrem nos espinhos da colheita
Que meu estômago se queime em úlceras cancerosas
Que todo meu corpo se queime em fogo
Mas que a luz não falte aos meus olhos
Para que não corra o risco de tropeçar em pedras
E para que possa encontrar o caminho estreito
Que só me leva a Tí
 
 
 
Esse post foi publicado em Minhas Poesias e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.