REVERIE


Silenciosamente aguardo enquanto observo a lâmina d’água.

Meu sorriso some da memória!

Apenas recordo, sobre qualquer aspecto, dos espaços desde a infância, não preenchidos.

Quais são seus planos para o meu reverie?

Acho que dessa vez não volto pra casa ……

___________________________________________________________________________________________

Os amantes da “fotografia e filmagem” podem assistir o original desse vídeo
aquí:  http://www.usa.canon.com/dlc/controller?act=GetArticleAct&articleID=2326
Anúncios
Esse post foi publicado em Minhas Poesias, Musicais e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.